Uma das grandes preocupações para aqueles que desejam perder peso ou cortar o consumo de qualquer tipo de açúcar, seja refinado ou não, é se os adoçantes são maléficos e podem prejudicar a dieta de seus praticantes.

Nesse artigo, vamos colocar em pauta os questionamentos daqueles que desejam aderir ao consumo de edulcorantes (outra denominação para o adoçante que encontramos no mercado).

adoçantes

Atualmente muitas pessoas têm evitado o uso dos açúcares artificiais, por medo das consequências que estes possam trazer a saúde. Ou usam em grande quantidade sem nenhuma preocupação.

A grande verdade é que esse tipo de substância pode ser o vilão e ao mesmo tempo o mocinho das dietas. Dependendo de seu tipo ou quantidade.

Conheça os adoçantes que fazem mal a saúde

Existem cerca de 5 tipos de edulcorantes artificiais e muito comuns no mercado, que se consumidos podem acabar prejudicando a saúde de seus consumidores. Vejamos quais são.

  • Sucralose: é um adoçante de baixa caloria, encontrado principalmente em alimentos diet. Porém apresenta em sua composição substância que não são compatíveis com o intestino humano.
  • Aspartame e Neotame: possuem composição semelhante e estão ligados a inúmeros problemas de saúde devido a seu consumo, como enxaqueca, depressão e Alzheimer.
  • Acessulfame de potássio: não é um dos mais conhecidos no mercado, porém ainda muito comercializado, está relacionado a casos de câncer.
  • Sacarina: exames toxicológicos realizados nos EUA apontam que há uma grande presença de substâncias cancerígenas em sua composição.

Adoçantes que podem ser consumidos

Há alguns adoçantes que se ingeridos na quantidade e formas correta podem ser um dos grandes aliados na perda de peso, sem prejuízos à saúde. São eles:

  • Frutose: como o próprio nome já diz, é extraído de frutas maduras.
  • Manitol: extraído de vegetais.
  • Xilitol: encontrado em frutas, vegetais e cogumelos.

Esses adoçantes não possuem grandes contraindicações, porém, não devem ser consumidos por pessoas que apresentam pressão alta ou insuficiência renal.

Vale lembrar que é necessário a orientação de um nutricionista na hora de escolher o adoçante certo para cada organismo.

Aprenda a fazer sobremesas light para matar a vontade de comer doces aqui.